AÇÃO: Prefeito a Cidade de Pombos busca dinamizar seu Distrito Industrial

53
Dr. Marcos Ferreira, acompanhado do Secretário Municipal de Administração José Correia, visitaram as instalações da fábrica. Fotos: Divulgação

A cidade de Pombos, no Agreste pernambucano, vem buscando e garantindo seu processo de industrialização com a chegada de novos empreendimentos. Nos últimos três anos o Município conta com a instalação de duas novas indústrias de grande porte, a saber: Anatomic Colchões e Cristal Copos Descartáveis S.A., além da expansão da Vidfarma, indústria de medicamentos que funciona desde 2010.

A Cristal Copos, empresa recentemente instalada no ousado Distrito Industrial de Pombos, é um dos exemplos de empreendimentos com grandes perspectivas de ampliação.  A direção da Cristal adiantou a Secretaria de Indústria e Comércio da Prefeitura de Pombos que até 2020 serão investidos mais R$ 08 milhões em equipamentos, os quais garantirão expansão de produtos e consequentemente contratação de profissionais.  Atualmente a Cristal Copos conta com 45 colaboradores produzindo copos de plástico descartáveis e em breve produzirá também pratos, diante de um investimento de R$ 12 milhões.

O prefeito de Pombos, Dr. Marcos Ferreira (PSB), acompanhado do Secretário Municipal de Administração José Correia, visitaram as instalações da fábrica e conferiram todo processo de produção e gestão. Os gestores públicos foram recebidos pela direção da empresa representada pelo Gerente Local Tarcísio, os quais trataram sobre futuros investimentos para Pombos. Na oportunidade, Dr. Marcos se lembrou do compromisso de sua gestão na geração de empregos e renda, destacando que aos poucos, embora o cenário atual seja de recessão econômica, tem buscado junto às empresas e ao Governo do Estado incentivos fiscais para atrair novos investimentos ao distrito industrial. “Em dois anos e meio, apesar do cenário atual ser bem adverso se tratando do Estado e do Brasil, já recebemos bem mais indústrias que nas gestões anteriores, o que me deixa muito feliz. Vale lembrar que quando assumimos em 2017, tínhamos apenas a indústria de remédios Vidfarma e outras duas, ameaçando fecharem ou deixarem o Município devido a falta de incentivo e total abandono da então gestão local. Contudo, hoje já temos um momento mais animador, são duas novas, algumas estão em recuperação e aquela ameaça de empresas deixarem a cidade no momento está descartada”, frisou o prefeito.

O gestor de Pombos ressaltou ainda que há quatro anos o antigo polo moveleiro vinha abandonado, mesmo tendo alguns empresários dispostos a investir nele, quando tomou a iniciativa de revitalizar o distrito industrial assegurando a instalação da Anatomic, a qual expande sua área junto a outras empresas que vêm fazendo estudos na localidade. “O fato de Pombos agora pertencer ao Agreste, que tanto lutamos, traz uma série de benefícios a exemplo de incentivos fiscais. Os empresários que temos conversado têm destacado a nossa localização estratégica e o terreno propício para instalação de negócios. No que depender da nossa gestão a geração de empregos é meta diária e constante no esforço por gerar renda a comunidade local”, salientou o prefeito.

Para a gestão, o Município de Pombos tem contrariado o cenário pessimista do mercado e aposta no crescimento industrial para geração de renda, somado a formalização dos pequenos negócios que também conta como ação prioritária. Pombos dispõe de uma Sala do Empreendedor em parceria com o SEBRAE, atendendo micros empreendedores individuais e promovendo cursos para motivar novos negócios. Segundo a Prefeitura, o resultado com efeitos positivos para os pequenos negócios fez com que o SEBRAE avaliasse Pombos como um dos 17 municípios pernambucanos que implementa políticas públicas no estímulo a esse setor, quando uma de suas iniciativas é a compra exclusiva de produtos diretamente comercializados pelos micros empresários locais (os chamados MEI’S), ficando inclusive a frente de municípios grandes como Vitória de Santo Antão, reforçando a cidade de Pombos como exemplo por estimular o empreendedorismo.